Com vista à preparação de uma proposta de Programa, Portugal e Espanha criaram um Grupo de Trabalho transfronteiriço, integrando entidades nacionais e regionais dos dois países (nomeadamente a CCDRC), cujo trabalho decorreu durante o ano de 2006, culminando com o envio à Comissão Europeia, em Fevereiro de 2007, da proposta de programa elaborada conjuntamente, a qual veio a ser considerada admissível pela Comissão Europeia ainda nesse mês.

A aprovação final do Programa pela Comissão Europeia teve lugar em 25 de Outubro de 2007, com uma dotação financeira de 359,33 Milhões euros de custo total e uma ajuda FEDER de 267,4 Milhões euros.

De referir que a nova programação dos Fundos europeus 2007-2013 modificou o papel da cooperação entre os Estados membros, dotando-a de maior entidade ao converter a “Cooperação Territorial Europeia” num dos três Objectivos Prioritários da União Europeia.