O projecto MIT – Mobilidade, Inovação e Território pretende polarizar a cooperação entre a Região Centro de Portugal e a Comunidade Autónoma de Castilla y León, garantindo uma forte vinculação ao território conjunto das duas regiões. Partindo de uma perspectiva estruturante, estratégica e consensual, capaz de potenciar a concretização de acções inovadoras no âmbito das dinâmicas territoriais de desenvolvimento, o projecto integra múltiplas vertentes, complementares e interligadas entre si, envolvendo agentes de diferente natureza, nomeadamente entidades públicas e privadas, capazes de mobilizar as energias e as forças de Castilla y León e da Região Centro

Numa perspectiva europeia, há uma forte continuidade entre as realidades das duas regiões. O seu território é atravessado por importantes infra-estruturas de transportes – rodoviárias e ferroviárias – que fazem a ligação entre Portugal e a Europa e entre as regiões do norte e noroeste da península, bem como entre as capitais ibéricas – Lisboa e Madrid. Estas infra-estruturas de transportes, que incluem grandes infra-estruturas portuárias, integram-se na Rede Transeuropeia de Transportes (Eixo Multimodal Portugal/Espanha – Europa), assegurando a articulação entre os espaços mais dinâmicos das duas regiões: o litoral da Região Centro e as principais cidades de Castilla y León.

 

 

 


 


É com base nesta realidade partilhada pelas duas regiões que foi concebido e construído o projecto «MIT - Mobilidade, Inovação e Território».
O projecto MIT procura potenciar o desenvolvimento da cadeia de valor das infraestruturas e equipamentos de mobilidade e transportes, que estão construídos ou em vias de construção, atraindo novas actividades económicas, favorecendo novas polarizações industriais, gerando serviços com maior valor acrescentado e incentivando a sua abertura à inovação e ao desenvolvimento tecnológico, com base na combinação de vantagens (facilidades) de localização empresarial e de fixação de população.
As múltiplas interrelações, que aquelas infraestruturas de mobilidade estabelecem com o território, potenciam um leque variado de abordagens e de temáticas que foram objecto específico de reflexão.
O projecto assentou, por isso, no aprofundamento das seguintes temáticas:
-    transportes e logística;
-    ordenamento do território;
-    indústria, comércio e serviços;
-    inovação e desenvolvimento tecnológico;
-    turismo;
-    ambiente e desenvolvimento sustentável.

Do trabalho de diagnóstico e de identificação de projectos estratégicos desenvolvido pelos diferentes responsáveis daquelas áreas temáticas, nas duas regiões, estruturou-se um cluster de projectos, a ser concretizado durante os próximos anos, organizados tendo em conta:
    a criação do eixo logístico multimodal atlântico-continental (considerado espinha dorsal do projecto)
    as sinergias entre parques empresariais e plataformas logísticas: facilitando a localização, incubação e o empreendedorismo;
    a rede regional de conhecimento tecnologia e inovação para as empresas;
    a rede de cidades sustentáveis: promovendo a regeneração, a atractividade e a competitividade urbana;
    a rede de governança da cooperação territorial: observatórios, marketing e promoção.



Como resultado do trabalho reflexão e definição estratégica, desenvolvido durante 2008, foi editado o Road-Book do projecto:

1.   Enquadramento (pdf, 13.31 MB) 
2.   Road-book (pdf, 9.05 MB) 
3.    Ordenamento do território
4.   Transportes e Logística (pdf, 8.47 MB) 
5.    Comércio, Industria e Serviços (pdf, 8.37 MB) 
6.    Turismo (pdf, 8.79 MB) 
7.    Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (pdf, 8.56 MB) 
8.    Ambiente (pdf, 10.58 MB) 
9.   Anexos (pdf, 9.9 MB)